O Centenário do Racionalismo Cristão e os 150 anos do nascimento de Luiz de Mattos, continua sendo o mote das conversas entre racionalistas cristãos em todo o mundo

O tratamento dado a cada um dos temas discutidos nas reuniões realizadas em novembro de 2010, na Casa-Chefe, que marcaram o encerramento oficial das comemoraçõs do centenário do Racionalismo Cristão e dos 150 anos do nascimento de Luiz de Mattos, todos de importância fundamental para a compreensão da Doutrina, continua sendo o mote das conversas entre racionalistas cristãos em todo o mundo.

Outros temas em torno dos quais giram as conversas são a eficiência do cerimonial nos eventos comemorativos e o ambiente propício ao congraçamento.

O presidente da Doutrina em exercício, Gilberto Silva, considerou satisfatória a penetração de cada uma das palestras e do seminário Racionalismo Cristão no Século XXI, e destacou o ambiente de espiritualidade que dominou cada uma das reuniões, o que confirma haver sido altamente positivo o Primeiro Congresso Mundial do Racionalismo Cristão. O congresso expôs os rumos do trabalho a ser desenvolvido para o progresso cada vez mais vigoroso da Doutrina no mundo.

Leia também: Quanto Crescemos em apenas 100 anos
Página 2
em PDF
 

Viva e deixe viver


Quem se esclarece pelos princípios racionalistas cristãos cuida de si, sem querer saber da vida alheia

O Racionalismo Cristão ensina como tolerar os erros alheios e respeitar o livre-arbítrio das pessoas, porque defende o direito de cada uma ter opinião e querer, agindo de acordo com a cons ciência e respondendo por seus atos.

Ainda segundo o Racionalismo Cristão, conforme doutrinação de Luiz de Mattos, quando a consciência dita que se está certo, não há por que se preocupar com julgamentos de terceiros.

O fundador da Doutrina é incisivo ao afirmar: "O viver na Terra tornar-se-ia muito mais agradável se cada um cuidasse unicamente da própria vida. Todo aquele que se intromete na vida dos outros é um infeliz, ao passo que vive satisfeito e tem paz de espírito quem trata exclusivamente da sua."

Juntamente com este ensinamento, Luiz de Mattos adverte que devemos ser cautelosos, por que, "muitas vezes, as aparências enganam e nem sempre o que parece verdadeiro, sincero e leal o é na realidade. Há pessoas que têm duas faces, e as demonstram conforme a oportunidade e a conveniência."

Página 2 em PDF
 

Suicídio não elimina angústias e
temores porque o espírito é eterno


A morte não existe. Assim, se destruímos nosso corpo físico, apenas adiamos a solução de nossos problemas para a próxima encarnação

Quando um ser humano é intuído a atos destrutivos, como o suicídio, essa ideia não é produto de sua mente, mas está sendo assimilada de vibrações negativas que o cercam e com as quais entra em sintonia, atra vés do pensamento. Por isso, a primeira coisa a fazer é pensar exatamente o contrário. Por exemplo: "A vida terrena é um bem precioso e meu espírito precisa do corpo físico para evoluir. Não posso desprezar esta oportunidade de crescimento espiritual."

O ser deve compreender que o espírito não morre. Assim, se destruir o corpo físico, apenas estará adiando a solução de suas dificuldades para a próxima encarnação, porque o espírito leva os problemas não resolvidos.

A vida terrena é necessária para nossa evolução espiritual e o que não fizermos nesta vida apenas ficará adiado para a próxima.

Esta explicação foi dada a uma leitora que, atormentada pelo desejo de se suicidar, provavelmente face a dificuldades materiais e, principalmente, espirituais que vem enfrentando, pediu ajuda à equipe de A Razão.

A atribulada leitora foi aconselhada a praticar, pela manhã e à noite a limpeza psíquica, que limpa psiquicamente o ambiente em que nos encontramos. Esse aconselhamento é estendido a todos os leitores, que certamente vão alcançar muitos benefícios. O folheto explicativo da limpeza psíquica pode ser conseguido no site da Doutrina.

Página 4 em PDF
 

Livro, pilar de sustentabilidade


O livro é um dos principais pilares para o edifício do conhecimento, pois é através dele que estudamos, e, quando alunos aplicados e ávidos de saber, tiramos as lições de que precisamos.

O livro não fala em alta voz, não anda com passos próprios, mas quem o tem na bagagem e o usa quando necessário, muitas vezes querendo dar resposta a alguma intuição recebida, absorve dele, mediante leituras atentas, refletindo no que lê, toda informação necessária ao conhecimento, a esse "pilar" a que acima nos referimos.

Página 4 em PDF
 

O espaço da mulher


Não é o sexo que irá impedir que a mulher iguale aos homens, pois inteligência e demais atributos são valores do espírito

A mulher se destaca no dia-a-dia ao enfrentar com dignidade os desafios do mundo dos negócios, da ciência, das artes, da literatura, dos altos cargos da administração pública.

Página 2 em PDF


Responsabilidade dos idosos


Os que envelhecem e se aposentam devem procurar outras atividades agradáveis, que lhes possam causar alegria

Muitos aposentados entendem que, longe dos compromissos com o trabalho, ficam livres do cumprimento de horários, mas não devem esquecer que as pessoas que vivem na mesma residência que eles ainda têm a rotina determinada pelo relógio. Não dá para fazer apenas o que gosta, o que tem vontade, quando quer, sem preocupações. Assim agindo, assume atitude de desrespeito aos mais jovens e vai criando uma série de problemas.

Seria bom que as pessoas que envelhecem procurassem outras atividades agradáveis, que pudessem causar-lhes alegria, como passeios e viagens, o que aumentaria seu entrosamento com outras pessoas, especialmente de outras idades.

Página 11 em PDF
 

A nossa RAZÃO de Ser -  Luiz de Mattos
NOTA: Este artigo apareceu em 19 de dezembro de 1916. Foi mantida a grafia da época.  Leia o artigo aqui...  

Baixe também a primeira página do A RAZÃO de dezembro de 1916. Clique AQUI.

FEVEREIRO

Caderno normal

Editorial
Olá, CARO leitor
Cuide de sua vida
Quanto crescemos em apenas 100 anos
O espaço da mulher
Reflexões
Livro, pilar de sustentabilidade
Seguindo as pegadas do mestre Luiz de Mattos
Militante festeja 101 anos de vida
Falece Ulysses Cláudio Pereira, ex-presidente da Filial Santos
Fale conosco
Militante morre aos 84 anos
Ética, moral e moralidade
A maravilha do terceiro milênio
Planeta Terra, escola de vida
Liberdade de pensamento
Eleições significam mesmo democracia?
É bom começar a cuidar do corpo e da mente
Idosos devem ser responsáveis em respeito à rotina dos mais novos

Caderno Criança

Como economizar na compra do material escolar
Ainda dá tempo de passear nas férias
O que é, o que é?
Faça um paraquedas
Piadas



Arquivo de edições anteriores


Clique na imagem para
ler as últimas notícias
do Racionalismo Cristão

 


Assine o Jornal A RAZÃO

 A Razão: fevereiro 2011

Clique nas imagens acima
epara baixar ou ler "online" o jornal A RAZÃO de
fevereiro de 2011
em formato PDF.


Baixe o livro
Racionalismo Cristão.
Clique na imagem abaixo

Baixe o livro Prática do Racionalismo Cristão.
Clique na imagem abaixo



Programa de rádio do Racionalismo Cristão


Clique na imagem acima
para acessar a TV A Razão


Primeiras páginas
do jornal A RAZÃO


Clique no ícone para visitar as primeiras páginas do jornal A RAZÃO na internet, desde março de 2006, tendo depois acesso a todos os jornais em PDF e artigos em HTML publicados desde essa data.


Estamos disponíveis, para aclarar eventuais dúvidas. Participe com seus comentários e sugestões


Visite nosso site principal


Centenário em Santos
Como foi ?

Clique na imagem abaixo
para saber como foi