Edição de março

Pessimismo pode perturbar

O pessimismo prejudica quem o cultiva, mais cedo ou mais tarde o pessimista sofrerá as consequências de seu modo de viver e de ver o mundo. Melhor é pensar com coragem e valor, organizar a vida e ultrapassar as barreiras com galhardia e disciplinar o pensamento, mantendo-o firme, positivo e otimista.

Esta foi, em resumo, a resposta da equipe de militantes racionalistas cristãos que atende leitores de A Razão a uma mulher que, espiritualmente enfraquecida, já não conseguia resistir às pressões impostas pelo dia-a-dia. E acrescentou:

Você está deixando-se influenciar por cargas negativas provenientes do seu modo pessimista de pensar, por sua fraqueza espiritual, por sua pouca vontade de reagir e lutar contra as adversidades que acometem todos os seres humanos. Você está perturbada, sofrendo desnecessariamente e caminhando perigosamente rumo ao avassalamento. E, se não reagir a tempo, poderá obsedar-se. Por­tanto, está na hora de pensar com coragem e valor. E explicou:

Vivemos sob duas correntes de pensamentos: a positiva, que atrai bons fluidos, fortalece, revigora e prepara o ser humano para a luta pela vida; e a negativa, que somente traz sofrimentos e decepções, complexos de inferioridade e toda a sorte de sentimentos ruins.

Cabe a você escolher o caminho que deseja seguir. Sugerimos o caminho da alegria, da descontração, da felicidade, o caminho espiritual, o caminho do bem. Somente depende de você viver feliz ou infeliz.
Página 4 em PDF

O acaso não existe

A equipe de militantes que atende os leitores de A Razão tirou a dúvida de uma leitora que queria informações sobre o acaso. Chegou a citar exemplos do que poderia ser "por acaso". Ficou sabendo, então, que o que parece acaso é mediunidade da clarividência. Diz o livro Perspectivas perante a Inteligência Universal, de Humberto Fecher: "A mediunidade da clarividência é aquela em que a criatura procura, através de exercícios telepáticos e, também, de um dom próprio, ultrapassar as barreiras do tempo e do espaço, conseguindo com isso ver a longas distâncias acontecimentos, objetos e pessoas, descrevendo-os com riqueza de detalhes."
Página 4 em PDF

Festejados os 104 anos do RC

Ao discursar na solenidade de comemoração do 15° aniversário da sede da Filial São Gonçalo (Rio de Janeiro) do Racionalismo Cristão, a presidente da Casa, Lucy Gonçalves da Costa, deu detalhes da história do Racionalismo Cristão, ao longo de seus 104 anos neste planeta, e da vida de seu codificador, Luiz de Mattos.

"Durante todos esses anos, o Racionalismo Cristão orienta os seus pesquisadores e seguidores a usarem no seu viver o verdadeiro cristianismo, deixado pelo mestre nazareno, e confirmado por Luiz de Mattos", disse a presidente.

D. Lucy destacou o interesse de Luiz de Mattos pelo bem-estar da coletividade, daí haver abraçado a causa da abolição da escravatura no Brasil. Lembrou ainda que militou na imprensa sempre a serviço dos oprimidos. Luiz de Mattos ensinou que o espírito não tem cor, raça ou sexo, e que é necessário haver igualdade de oportunidades para todos porque os direitos são iguais.
Página 6 em PDF

Filial Butantã comemora 25 anos

A Filial Butantã (SP) comemorou, com reunião cívico-espiritualista dirigida pelo presidente do Racionalismo Cristão, Gilberto Silva, seu 25º aniversário. A primeira parte da reunião terminou com a comunicação superior de Humberto Rodrigues, Presidente Astral da Doutrina. Estiveram presentes presidentes e militantes de diversas casas racionalistas cristãs.
Página 7 em PDF

Simples assim

Ensinar a pensar desde a mais tenra idade é a maior lição que se pode passar para alguém, porque, afinal, o que é o ser humano senão a soma dos seus pensamentos?
Página 10 em PDF

Educação

Educar espiritualmente o gênero humano é um dos preceitos do Racionalismo Cristão, pois as pessoas têm-se deixado levar por ilusões, que concorrem para consumir a força anímica.
Página 2 em PDF

Espiritualismo

Os seres humanos são bons, mas errariam menos se tivessem maiores conhecimentos de natureza espiritualista, porque compreenderiam a vida de forma diferente, e seriam mais felizes. Sábias palavras.
Página 2 em PDF


Caderno criança

• A importância de lavar as mãos - 2
• Por que os cabelos ficam brancos?
• Mude seu visual para o carnaval
• Vender maçãs para sobreviver
• Adivinhas
• Piadas
Página 12 em PDF

A nossa RAZÃO de Ser -  Luiz de Mattos
NOTA: Este artigo apareceu em 19 de dezembro de 1916. Foi mantida a grafia da época.  Leia o artigo aqui...  

Baixe também a primeira página do A RAZÃO de dezembro de 1916. Clique AQUI.

MARÇO

Caderno normal

Editorial
Olá, CARO leitor
Falta educação no lar
Saiba utilizar seu livre-arbítrio
Conhecimentos espiritualistas
Reflexões
Fale conosco
A função da etapa terrena
Arrogância e prepotência (2)
Eventos
A expressão do subconsciente
O reverso da medalha
Explicação simples
Os miseráveis
Terras, para que vos quero?

Espaço infantil

Vender maçãs para sobreviver
Adivinhas
A importância de lavar as mãos (2)
Por que...os cabelos ficam brancos?
Mude seu visual para o carnaval
Piadas

Arquivo de edições anteriores


Envie esta página para um amigo:


Clique na imagem para
ler as últimas notícias
do Racionalismo Cristão

 


Assine o Jornal A RAZÃO

 A Razão: março 2014

Clique na imagem acima para baixar ou ler "online" o jornal A RAZÃO de março de 2014 em formato PDF.


CD REFLEXÕES

Adquira o CD "Reflexões..." com áudio de limpeza
psíquica e outros assuntos. Para mais detalhes, clique
na imagem acima


 

Baixe o livro
Racionalismo Cristão.
Clique na imagem abaixo

Baixe o livro Prática do Racionalismo Cristão.
Clique na imagem abaixo


Programa de rádio do Racionalismo Cristão


Clique na imagem acima
para acessar a TV A Razão


Primeiras páginas
do jornal A RAZÃO


Clique no ícone para visitar as primeiras páginas do jornal A RAZÃO na internet, desde março de 2006, tendo depois acesso a todos os jornais em PDF e artigos em HTML publicados desde essa data.


Estamos disponíveis, para aclarar eventuais dúvidas. Participe com seus comentários e sugestões


Visite nosso site principal


Centenário em Santos
Como foi ?

Clique na imagem abaixo
para saber como foi