Edição de setembro

Honestidade

Se as pessoas soubessem o quanto é importante para sua evolução espiritual serem honestas, jamais perderiam tempo praticando atos desonestos. Os honestos dormem tranquilos.
Página 2 em PDF

Virtudes

O lar é o núcleo essencial para transferir conhecimentos morais e éticos, é nele que se inicia a educação espontânea e a assimilação pelas crianças do conjunto de virtudes desenvolvidas na família.
Página 9 em PDF

Força da mulher

A mulher precisa descobrir a força que possui, pois a sensibilidade que tem no âmago é mais difícil de ser encontrada no homem. A mulher já nasce com esse dom.
Página 2 em PDF

Um lar destruído não é o fim do mundo

Se o seu parceiro ou sua parceira abandonou a casa e saiu em busca de novos rumos, novos ares, nova relação, não se desespere, não se entregue, não se deprima: o mundo não acabou, a vida continua.

Terá sido certamente uma decisão equivocada que destruiu um lar, causando infelicidade a quem foi abandonado, mas é muito importante que você reaja, não se deixe abater, supere a dor o mais rápido possível e volte a sorrir, entendendo que os reveses são, em muitas ocasiões, oportunidades que o espírito tem para aprimorar certos atributos espirituais.

Tenha calma e perseverança, tenha confiança que o pesadelo vai passar e que você retornará à sua rotina diária.

Esta orientação tranquilizadora foi passada a um leitor que, através da seção Fale Conosco, pediu aconselhamento para enfrentar os problemas psíquicos – chegou a afirmar não sentir prazer de enfrentar a vida – decorrentes do trauma da separação.
Página 4 em PDF

Harmonia custa atitudes simples

Uma vida harmoniosa em casa depende apenas de nossas atitudes, sempre com bom humor. A atitude mental positiva transmitirá a sensação de que algo de bom logo acontecerá. É preciso acreditar nisso, usar o poder do pensamento positivo em todos os segmentos da vida.

Irradie amor pelos seus, fale, se possível, em separado com cada um que viva na casa, como se fosse um momento de reflexão, de explicitar seu amor.

Falando olho no olho, mostre a importância que ele tem para você, para a família, os elos de compreensão, mas diga também o que lhe desagrada, passe a limpo coisas boas e más.

Faça atividades em conjunto, passeios. Ao levar seu filho para a escola, segure na mão dele, converse sobre os professores, amigos, mostre interesse pela vida de seu filho ou companheiro.

Com essas atitudes simples você esquecerá o estresse e compensará a dificuldade, por exemplo, de uma refeição com toda família à mesa.
Página 10 em PDF

Educação exige atenção e controle

A educação na família não vem sendo bem conduzida, mas não é difícil educar crianças: basta que se comece do berço. Infelizmente, na maioria dos lares, deixam-nas fazer o que bem entendem, porque os pais acham que elas devem ter personalidade. Isso é errado e muito grave.

Estas observações estão em doutrinação dada por Luiz de Mattos em reunião pública na Casa-Chefe, ao abordar a educação na família.

Diz a doutrinação que as tendências das crianças devem ser respeitadas, se forem para o bem, mas nem todas as suas vontades devem ser satisfeitas. Se aprenderem a obedecer, terão melhor comportamento quando chegarem à escola, facilitando a instrução. Página 2 em PDF

A alegria de um sonho realizado

Não só o samba, o futebol, as belezas naturais e a hospitalidade fascinam estrangeiros e os atraem a visitar o Brasil, mas também o Racionalismo Cristão, como concluiu o presidente da Filial Waterbury, Connecticut, Jorge Job, quando aqui esteve, em 1999.

Durante todos esses anos, ele guardou a impressão que levou do país e do homem que o recebeu e lhe apresentou a cidade do Rio de Janeiro, Humberto Machado Rodrigues, sobre quem ele dá carinhoso depoimento. Página 7 em PDF

Comedimento da mocidade

Já em 1938, o Racionalismo Cristão, preocupado com a formação moral dos jovens, chamava-lhes a atenção para a necessidade de serem comedidos em suas atitudes. Em um dos artigos da edição de 15 de fevereiro daquele ano, A Razão afirmava: “Devemos aproveitar a mocidade, sim, mas que isso seja de tal forma que, esgotados todos os gozos e prazeres, não venham as desilusões”.

E conclamava: “Devemos formar uma ala moça diferente das demais, uma ala que saiba preparar o seu futuro, para que, quando cada um constituir o seu lar, apresente àquela que lhe vai servir de esposa e companheira, na árida trajetória da vida, alma e corpo sãos, sem mácula física ou moral.
Página 8 em PDF


Caderno criança

Escola e amizades
Está chegando a estação das flores
Por que ... o chiclete não se dissolve?
Pense rápido
Piadas
Página 12 em PDF

A nossa RAZÃO de Ser -  Luiz de Mattos
NOTA: Este artigo apareceu em 19 de dezembro de 1916. Foi mantida a grafia da época.  Leia o artigo aqui...  

Baixe também a primeira página do A RAZÃO de dezembro de 1916. Clique AQUI.

SETEMBRO

Caderno normal

Editorial
Olá, CARO leitor
A educação na família
O valor da honestidade
Mulher, saiba usar sua força
Reflexões
Fale conosco
Coisas da vida
Filial Lisboa comemora 33 anos de inauguração
92 anos da Filial Varginha
Correspondente festeja aniversário
Casa de Haia faz 28 anos de fundação e 6 de Filial
Filial promove o 1º Encontro de Jovens
A alegria de realizar um sonho
Mocidade racionalista cristã
Virtudes eternas (2)
Como viver bem no lar
Sucessão, parte do processo evolutivo
No turbilhão da informática

Espaço Infantil

Escola e amizades
Está chegando a estação das flores
Por que ... o chiclete não se dissolve?
Pense rápido
Piadas

Arquivo de edições anteriores


Envie esta página para um amigo:


Clique na imagem para
ler as últimas notícias
do Racionalismo Cristão

 


Assine o Jornal A RAZÃO

 A Razão: setembro 2012

Clique na imagem acima para baixar ou ler "online" o jornal A RAZÃO de setembro de 2012 em formato PDF.


CD REFLEXÕES

Adquira o CD "Reflexões..." com áudio de limpeza
psíquica e outros assuntos. Para mais detalhes, clique
na imagem acima


 

Baixe o livro
Racionalismo Cristão.
Clique na imagem abaixo

Baixe o livro Prática do Racionalismo Cristão.
Clique na imagem abaixo



Programa de rádio do Racionalismo Cristão


Clique na imagem acima
para acessar a TV A Razão


Primeiras páginas
do jornal A RAZÃO


Clique no ícone para visitar as primeiras páginas do jornal A RAZÃO na internet, desde março de 2006, tendo depois acesso a todos os jornais em PDF e artigos em HTML publicados desde essa data.


Estamos disponíveis, para aclarar eventuais dúvidas. Participe com seus comentários e sugestões


Visite nosso site principal


Centenário em Santos
Como foi ?

Clique na imagem abaixo
para saber como foi