Um ano de lutas bem sucedidas que deixou a certeza da expansão do RC

Humberto Rodrigues
Presidente Astral do Racionalismo Cristão

Passou-se mais um ano e o Racionalismo Cristão comemora os 107 anos de sua fundação e implantação neste mundo de escolaridade, em 26 de janeiro de 1910, por dois espíritos de notável evolução: Luiz de Mattos, com a incumbência de codificar a Doutrina por meio de profundo estudo da espiritualidade, auxiliado pelo incansável Luiz Thomaz, com o encargo de dar sustentação material na sua divulgação e expansão mundo afora, o que vem sendo continuamente feito nesse período de tempo já secular por seus sucessores e militantes das casas racionalistas cristãs, levando o esclarecimento espiritual à humanidade e ajudando as Forças Superiores a realizar, diuturnamente, a limpeza da atmosfera fluídica da Terra.

Foi um ano de lutas bem-sucedidas e outros mais virão no futuro. O Racionalismo Cristão continuará a se expandir pelo mundo continuamente, seja através do aumento de casas racionalistas cristãs abertas e do intrínseco crescimento de militantes e de assistentes de reuniões públicas, seja pelo uso adequado das mídias sociais, pela editoração de livros e realização de eventos de natureza espiritualista, como os congressos mundiais a cada cinco anos, os cursos de capacitação da militância, os grupos de estudos com participação de pessoas interessadas em conhecer a Doutrina e por tantas outras atividades relacionadas ao espiritualismo.

O Universo é composto de Princípio Inteligente e Matéria. O Princípio Inteligente mantém o Todo Universal regido por leis evolutivas, que são naturais e imutáveis, não havendo lugar para imprevistos, acasos, dúvidas ou perdões, não existindo, portanto, injustiças na vida espiritual, a verdadeira vida. Os espíritos encarnados neste planeta-escola estão em processo de evolução contínua. Logo, todos os seres humanos são imperfeitos, todos possuem atributos para aprimorar a cada existência. Como espíritos encarnados, são dotados de livre-arbítrio para tomar decisões e por elas se responsabilizar, devendo, então, utilizar essa faculdade espiritual voltada somente para a prática do bem.

O espírito sofredor de alguma forma concorreu para o seu sofrimento, nesta ou em existências passadas. Porém, é importante ressaltar que o sofrimento pode ser enfrentado com valor, coragem e vontade forte, qualidades poderosas do espírito. A superação de um sofrimento faz com que o ser humano reflita sobre a vida e procure ser melhor.

Portanto, disciplinem o viver, pois todos estão sujeitos à lei evolutiva de atração, todos são capazes de atrair as forças do bem ou as do mal, o sucesso ou o fracasso, a saúde ou a doença. Logo, eduquem os pensamentos, elevando-os aos campos superiores da espiritualidade, para terem êxito nos empreendimentos, vigor físico e equilíbrio psíquico. Pratiquem a limpeza psíquica nos horários disciplinares recomendados. Ao atraírem boa assistência astral, terão mais tranquilidade, encarando a vida com maior serenidade e naturalidade, mesmo diante dos reveses que apareçam. Estarão aproveitando a encarnação do espírito, sempre a evoluir.

Página principal | Arquivo